É muito improvável que em nenhum momento da sua vida você tenha ouvido falar no termo “empoderamento feminino”. Sim, é quase que impossível nos dias de hoje alguém, sendo homem ou mulher, nunca ter reparado no uso dessa expressão.

Ouvir falar em empoderamento feminino é uma coisa, mas o fato é que nem todas as pessoas sabem o que isso significa e por que esse assunto está recebendo tanto destaque nos dias atuais.

Para que possamos falar sobre esse tema e tentar explicar o fato de ele ter tanto foco no tempo presente, precisamos deixar bem claro o que empoderamento feminino significa.

Antes de qualquer coisa, é preciso dizer que empoderamento feminino não é o mesmo que feminismo, apesar de ambas as questões tratarem de condições da mulher e estarem perfeitamente interligadas.

Enquanto o feminismo prega a ideia de equidade entre homens e mulheres no âmbito social, político e econômico, o empoderamento feminino é o conceito de consciência coletiva, baseada em ações e iniciativas de fortalecimento e poder das mulheres nas diversas áreas de suas vidas.

Por que se fala tanto em empoderamento feminino?

empoderamento das mulheres

Devemos destacar que, apesar de hoje, mais do que nunca, a sociedade estar falando tanto sobre empoderamento feminino, esse assunto e a luta que ele carrega já vêm de muito tempo. Afinal, a busca pelo espaço devido da mulher dentro da sociedade ocorre desde séculos anteriores.

O destaque que o assunto tem hoje consegue ser ainda maior pelo fato de as mulheres estarem não apenas despertando cada vez mais para a necessidade de conquistarem seu fortalecimento, mas também porque elas estão se destacando diante de uma sociedade na qual durante muitos anos elas não tiveram vez.

Considerando a importância desse tema e da luta das mulheres por seus direitos e valorização, a Organização das Nações Unidas (ONU) publicou o que foi intitulado como “Princípios de Empoderamento das Mulheres”.

Trata-se de um guia para auxiliar as entidades empresariais a adotarem práticas que visem a equidade de gênero e o empoderamento das mulheres.

Medidas como essa deixam cada vez mais claro que ainda há uma necessidade de tornar a mulher mais atuante nas diversas esferas da sociedade. Mas não apenas isso, o destaque ao empoderamento feminino mostra que ainda existe um longo trajeto a percorrer na luta pela valorização feminina, caso contrário não haveria necessidade de conscientização.

O papel das mulheres no cenário do empoderamento

Quando falamos em empoderamento feminino é imprescindível que a mulher seja atuante nesse processo e não fique apenas esperando por mudanças e transformações. Na realidade, quem transforma toda a realidade contrária as necessidades femininas é a própria mulher.

Infelizmente, nem sempre é esse o quadro. Muitas mulheres se omitem e algumas encontram grandes dificuldades para colocarem seu potencial em prática e conquistarem seu espaço. Diante dessas circunstâncias, não são raras as vezes em que a mulher se depara com uma situação de desânimo e desmotivação.

Lutar contra as circunstâncias adversas é o que se espera de uma mulher empoderada, que antes de qualquer coisa precisa reconhecer seu papel dentro da sociedade e do mesmo modo, o seu valor. A partir daí, é preciso tomar o poder sobre si e levar adiante a ideia de que suas capacidades estão além do descrédito sobre ela.

A tarefa não é fácil, já que ainda hoje há muita discriminação com relação às mulheres nos locais de trabalho, nas áreas acadêmicas, nas relações familiares, etc.

A mulher frequentemente é subestimada e estigmatizada, tornando a busca por equidade um desafio vencido a duras penas.
De todo modo, mesmo diante de tanta resistência, a mulher precisa se levantar como uma verdadeira guerreira que não desiste dos seus ideais, independentemente das circunstâncias.

Para que os resultados sejam os melhores, há uma grande necessidade de um trabalho em conjunto, até porque, quando há coletividade, há aumento de forças. A união das mulheres e o foco nos mesmos ideais torna a luta mais leve e as conquistas mais fáceis de serem alcançadas.

Empoderamento feminino no mercado profissional

É incontestável que uma das maiores dificuldades das mulheres quando o assunto é discriminação e falta de equidade é esse cenário dentro do mercado de trabalho.

Não há igualdade de oportunidades e condições para homens e mulheres no âmbito profissional e por mais que algumas conquistas já tenham sido alcançadas – como a ocupação por mulheres de cargos que antes eram apenas para homens – o sexo feminino ainda enfrenta preconceitos e desvantagens dentro do meio corporativo.

A ideia do empoderamento dentro das empresas não tem a ver com as mulheres receberem vantagens por qualquer característica de sua condição como pessoa do sexo feminino. Mas acontece que os homens estão muito além das mulheres em oportunidade e reconhecimento.

Esse quadro nada tem relação com capacidades, visto que há mulheres tão capazes quanto os homens de exercerem as mais variadas funções dentro de uma organização, apresentando excelentes resultados, dignos de reconhecimento.

Mas o fato é que ainda há um julgamento sobre o potencial do sexo feminino nos negócios e a ideia de que é o homem dotado de todos os atributos para grandes responsabilidades e funções no mercado de trabalho.

mulheres no mercado de trabalhoCabe aos gestores empresariais mudarem as próprias visões e a partir daí, não só disseminarem a concepção de que as mulheres podem sim ter as mesmas oportunidades que os homens têm, mas tomarem para si essa realidade.

Muitas medidas de conscientização estão sendo adotadas no âmbito profissional e alguns avanços têm sido alcançados. Mas ainda está muito longe do ideal. Nesse sentido, a disseminação do conceito de empoderamento é uma forma de mudar um cenário que ainda vai mal das pernas, mas que aos poucos vai se transformando.

Como você pode ver, o empoderamento feminino é um tema muito profundo e traz uma importante reflexão para toda a sociedade.

Cabe a cada um de nós, homens e mulheres, promovermos ações que fortaleçam a luta do sexo feminino pelo espaço e a valorização da mulher como pilar essencial na construção da sociedade, que precisa urgentemente ser mais justa e igualitária.

Escreva um comentário

Share This