Quem aí nunca sonhou em ter o sistema de combinações digitais, utilizado pela personagem Cher (Alicia Silverstone), em “As Patricinhas de Beverly Hills”? Se você não lembra como funcionava, ou não assistiu ao filme, era mais ou menos assim:

Um monitor mostrava as opções de roupas, separando em partes superiores e inferiores. A ideia era escolher somente uma peça e dar a máquina o comando de busca, assim ela encontraria outra que desse match. Com a combinação feita, o avatar da personagem aparecia na tela vestindo o look completo. O ponto era a otimização de tempo e, consequentemente, a praticidade que o sistema proporcionava. E, claro, o toque de tecnologia sempre traz uma magia extra – ainda mais se levarmos em conta que é um filme de 1995!

Verdade seja dita: em meio a loucura da rotina, nós mulheres, temos buscado cada vez mais funcionalidade no que diz respeito ao guarda-roupa. Na Era da Informação, o tempo todo somos bombardeadas por novidades, tendências e inovações que surgem no mundo da moda. A facilidade em encontrar produtos ótimos e acessíveis tem benefícios grandes, mas, muitas vezes, esse universo de opções deixa a gente um pouco perdida, né? É visando a necessidade em adaptar essa realidade, que a inteligência artificial vem agregar na indústria da moda.

Levanta a mão quem já comprou várias peças de roupas e, ao chegar em casa, percebeu que elas não combinavam entre si ou que não tinham nada a ver com o estilo das roupas que você já tinha! Situações como essa comprometem nosso dinheiro e tempo. É nesse momento que entra a inteligência artificial, a fim de auxiliar as escolhas mais apropriadas e, até, prever tendências.

Tecnologia a favor da indústria da moda

tecnologia na moda

Se você é do ramo da moda ou apenas gosta desse universo, sabe que estar por dentro das tendências é chave para se manter atualizada. Mas, ao mesmo tempo, entender e até prever o que vai cair no gosto da clientela é o maior desafio. São inúmeros estilos, gostos e prioridades. Com o intuito de transformar esse cenário, foram desenvolvidas ideias que unem moda e tecnologia. Alguns desses projetos já até chegaram a ser apresentados em edições do São Paulo Fashion Week.

Na edição de agosto de 2017, a Microsoft anunciou a criação de um dispositivo que realizava a análise das roupas e, a partir dos resultados, indicava quais peças e estilos tinham maior probabilidade de fazer sucesso fora das passarelas. Basicamente, os desenvolvedores introduziram milhões de informações sobre moda no dispositivo e com o passar do tempo, e uso contínuo, ele irá criando suas próprias conclusões e entendimentos.

O futuro é agora!

Inteligência Artificial que valoriza seu tempo

As inovações no setor de vestuário não chegaram somente para quem empreende ou está inserido na cadeia de produção. Novos projetos tecnológicos também estão sendo desenvolvidos com o objetivo de beneficiar o consumidor final. O que antes parecia coisa de filme, hoje está cada vez mais perto de ser real do que nunca. A IA (inteligência artificial) tem impactado positivamente na experiência individual dos clientes, quando se tratando de consumo de moda.

TrueFit

Com intuito de valorizar o tempo das pessoas e auxiliar em tomadas de decisões mais efetivas, o americano Romney Evans criou a TrueFit. O nome em si não possui tradução exata, mas separando as palavras, “True” e “Fit”, temos algo muito próximo de “encaixe de verdade” ou “ajuste verdadeiro”.

Em suma, a startup criada por Romney possui uma tecnologia – chamada de algoritmo – que analisa mais de 200 características diferentes de uma única peça (tecido, caimento, costura entre outros). Dessa forma, o usuário informa ao algoritmo que em determinada marca usa determinado tamanho e a partir dessas informações essa inteligência artificial mostra qual seriam as melhores opções de tamanho para essa pessoa em outras marcas.

Vue.AI

Essa é uma ideia indiana, cuja finalidade é proporcionar aos usuários uma experiência prática e realista. O aplicativo permite que os usuários criem seus avatares com medidas, silhueta e formas corporais bem fiéis ao real. Através desses avatares, é possível ter uma ideia de como cada peça pode funcionar no corpo, sem precisar vesti-las.

Alibaba Fashion AI Consultant

As idas e vindas de provador em provador, frustração em experimentar tantas peças e nada cair bem e, por fim, sair da loja de mãos vazias estão com os dias contados. O Alibaba é um revolucionário sistema chinês que busca usar o estoque das lojas de forma inteligente.

Quando um cliente entra no provador, com qualquer peça da loja Alibaba, se depara com uma tela enorme. A tela reconhece o pequenino sensor acoplado a peça e imediatamente começa a sugerir inúmeras opções de combinações com outros artigos da loja. Essa é uma ideia que beneficia o cliente e empreendedor!

Tecnologia e autoestima

tecnologia e autoestima

Talvez, nesse ponto do texto, você esteja se perguntando onde fica a autoestima e o bem-estar com o próprio corpo, em meio a tantas informações futurísticas.

O surgimento dessas novas possibilidades influência diretamente em uma moda mais inclusiva e acessível. Através de inteligência artificial é possível realizar análises mais detalhadas e completas sobre público, perfil, estilo de vida, gostos e muitos outros quesitos que são importantíssimos para que as marcas invistam em peças que atendam a diversidade.

Sobre a Click Sophia

Até pouco tempo atrás, a moda ainda era bastante restrita às pessoas com o chamado “corpo padrão” – geralmente magro e esbelto. Hoje, felizmente, muitas marcas tem repensado antigos conceitos, mudando posicionamentos e, consequentemente, atualizando suas coleções para que sejam mais inclusivas.

Outras, já nasceram com o propósito de fazer e ser a diferença no mercado, é o caso da Click Sophia. A marca não só entende a diversidade, mas percebe e valoriza a beleza que existe nela. Cada corpo tem sua forma própria, peculiaridades e sutilezas e todos merecem ser exaltados.

A Click Sophia é um e-commerce de lingerie que já atua há 4 anos no mercado. O foco são roupas íntimas, as coleções são todas pensadas com base nas tendências do momento e a marca busca abranger inúmeros estilos. A loja é fundamentada nos seguintes pilares: inclusão, qualidade e acessibilidade.

Escreva um comentário

Share This