Antes usado apenas para ficar em casa, o robe feminino está agora tomando conta das passarelas e das ruas da cidade como peça must have da estação. Além de ser bonita e confortável, a vestimenta pode compor looks incríveis para serem usados em várias ocasiões.

Saiba mais sobre o robe feminino e aprenda como usar a peça no dia a dia! Confira!

Quais são os tipos de robe feminino?

A seguir, conheça os diferentes tipos de robe disponíveis no mercado e prepare-se para investir nessa peça tão bonita e feminina!

Robe longo

O robe longo é a versão mais clássica da peça. Geralmente, seu comprimento vai até os tornozelos ou, ainda, pode ficar na altura das panturrilhas.

É possível encontrar o robe longo em tecidos leves e fluídos, que acompanha um cinto feito do mesmo material, a fim de garantir o conforto para o corpo e, também, a sensualidade na medida exata. É possível adquirir a peça em cores lisas ou em estampas diferenciadas, tais quais as listradas, em xadrez, florais, geométricas, abstratas, entre outras.

Robe curto

O robe curto apresenta diversos comprimentos, que vão desde abaixo da linha do quadril até o meio das coxas. Normalmente, ele é usado por cima de camisola curtinha, baby-doll ou do conjunto de calcinha e sutiã.

Porém, o robe curto tem sido usado como parte da vestimenta feminina para sair na rua e transitar em vários ambientes, o que confere glamour e sofisticação ao público que não tem medo de ousar nos looks cotidianos.

Robe de cetim

O mais requisitado dos tecidos para confeccionar o robe feminino, o cetim apresenta brilho e maciez, e costuma dar um toque de charme e elegância ao traje.

Em geral, ele é mais utilizado na versão sintética para baratear o custo do produto. Por isso, recomendamos escolher o cetim que contenha certa porcentagem de elastano, a fim de garantir elasticidade e conforto ao robe e evitar que fique brilhoso demais.

Robe de renda

O robe de renda é outra excelente opção para quem deseja apostar na peça. Além de ser extremamente feminino, ele é bonito e muito sexy. O traje apresenta a tradicional abertura frontal e, geralmente, é fechado por uma faixa de cetim na cintura do mesmo tom do robe.

As rendas são encontradas nas versões feitas em fibras de algodão, seda ou em filamentos sintéticos, e os preços podem variar de acordo com a nobreza do material utilizado na confecção de cada peça.

A renda francesa é conhecida popularmente por tal nome, mas na verdade são confeccionadas em tecido de tule com altos-relevos compostos por desenhos de flores e bordas feitas em soutache. Sendo assim, o robe feito de renda francesa ganha um ar mais feminino e glamouroso.

Robe de seda

Produzido a partir da proteína encontrada no casulo do bicho da seda, esse material é considerado altamente nobre e apresenta uma maciez incrível ao toque.

Atualmente, a seda é mesclada com fibras sintéticas, a fim de baratear os produtos. No entanto, mesmo que o robe seja confeccionado com tecido artificial, ele vai indicar beleza e sofisticação ao look.

Robe de musselina

A musselina é um tecido extremamente transparente e, por conta disso, ele é mais utilizado nas mangas do robe. Contudo, se você for usá-lo totalmente confeccionado em musselina, a opção é usar uma blusa de alças bem fininhas ou uma bela lingerie por baixo da peça.

Invista no robe de musselina preta, pois a roupa ganha status sofisticado e pode compor looks mais sensuais dentro ou fora de casa. Ele pode ainda ser encontrado nas cores azul-marinho, vermelho escuro ou grafite, que costumam ser igualmente bonitos e atraentes!

Robe de liganete

O liganete é outro tecido bastante utilizado na confecção do robe feminino. Conhecido também como malha fria, o material não amassa, tem secagem rápida e boa fixação de cor.

O toque é muito macio e parece “escorregar” na pele. Porém, ele não comporta bordados ou outro tipo de aplicações, justamente por ser escorregadio demais. Mas, vale apostar no robe de liganete para ter mais uma opção no traje no guarda-roupa.

Robe de algodão

Considerados como roupas de dormir, os robes de algodão são muito confortáveis e também encantam pelo toque macio. Eles conferem frescor e costumam absorver bem o suor.

A princípio, podem não parecer muito glamourosos, entretanto, são perfeitos na hora de compor looks de moda. As versões curtas e com estampas graúdas e geométricas, transitam em qualquer ambiente e servem para serem usadas em compromissos menos formais.

Como usar o robe feminino no dia a dia?

Como dissemos acima, o robe deixou de ser roupa para ficar em casa e já transita pelas ruas das cidades como artigo indispensável do guarda-roupa das mulheres. Além de ser bonito, ele imprime estilo e modernidade a qualquer look.

A seguir, aprenda como usar o robe feminino com 7 dicas incríveis na hora de compor as produções de moda e esbanje charme e sensualidade na medida exata!

1. Use com jeans

Que a calça jeans é uma das roupas mais versáteis do guarda-roupa feminino, não temos dúvidas! Afinal, ela é prática, confortável, resistente e pode ser combinada com várias outras peças, tais quais: t-shirts, blusas de vários modelos, malhas de lã etc.

No entanto, muitas mulheres não sabem que, ao combinar a calça jeans com o robe, é possível criar looks interessantes, contemporâneos e cheios de charme. Assim sendo, você vai ter mais opções na hora de se vestir.

Então, experimente usar um robe curto estampado com fundo preto e coordene com a calça jeans de lavagem mais escura e corte reto. Embaixo da peça, utilize uma regata de alças finas pretas e aposte nos calçados estilo scarpin de saltos altos e finos.

Não esqueça de amarrar o robe com uma faixa de cetim preta ou outra cor da estampa. Mas, se pretende dar mais glamour ao visual, coloque um cinto bem fininho de verniz preto. Certamente, você vai estar muito poderosa!

2. Aposte nas sandálias

As sandálias de saltos altos são muito bonitas e femininas e deixam as mulheres, literalmente, nas alturas, não é mesmo?

Mas, você sabia que é possível usá-las com um belo robe longo em um evento noturno, por exemplo? Para arrasar no look, escolha um modelo acetinado de cor lisa (vermelho, azul-marinho ou roxo escuro) e feche a peça com um cinto médio ou mais largo de verniz preto.

Calce sandálias poderosas, que podem ser pretas, douradas, prateadas, bronze ou, ainda, na cor do robe, e complete a produção com brincos grandes e carteira de mão envernizada. Luxo e sofisticação na medida exata!

3. Misture texturas

Ao contrário do que muitas mulheres pensam, misturar texturas é algo perfeitamente permitido no cenário fashion.

Mas, para que o look fique harmonioso, é preciso prestar atenção em algumas dicas. Abaixo, listamos os truques para misturar estampas e texturas e compor visuais incríveis:

  • estampas: robe com desenhos geométricos vermelhos e pretos e a calça pantalona listrada que tenham essas mesmas cores;
  • texturas: robe feminino curto de cetim ou seda com mangas transparentes, para ser usado com calça skinny de couro preto ou saia de corte reto igualmente em couro preto;
  • efeitos: robe de renda com calça de alfaiataria de cores diferentes ou, ainda, robe de renda com calça jeans.

4. Invista em uma cartela de cores diferenciadas

As cores intensas deixam qualquer look muito mais interessante. Então, não tenha medo de combinar o robe curto ou comprido de tonalidades intensas com calças, bermudas e saias de outros tons.

A combinação de vermelho e rosa, por exemplo, é a grande aposta da temporada e não há nada mais fashion do que essa dupla explosiva. Em vista disso, use sem medo e sinta-se poderosa!

Portanto, experimente usar um robe feminino rosa escuro com uma calça pantalona, ambos feitos em cetim e, nos pés, sandálias altas de tiras ou, ainda, um robe roxo escuro com a calça ou saia verde musgo com scarpins muito altos, a fim de assegurar sofisticação e elegância em um mesmo look.

5. Componha looks monocromáticos

Outra opção interessante é montar looks monocromáticos. A ideia aqui é que todas as peças sejam da mesma cor.

O clássico robe preto pode ser usado com a calça de couro igualmente preta. Além disso, não tenha medo de investir no look total vermelho, combinando o robe com uma saia midi, ambos na cor vermelha.

Enfim, escolha os tons que mais lhe agradem e faça a produção inteira com eles. Mas, lembre-se de usar acessórios dourados ou prateados, a fim de iluminar o visual e deixá-lo mais sofisticado.

Não há dúvidas, que essa é uma das melhores opções para mulheres clássicas, que não costumam abrir mão do requinte na hora de se vestir.

6. Combine com moletom

Pode soar estranho, mas é perfeitamente possível usar o robe feminino com a calça de moletom. Entretanto, para que o look não fique estranho, experimente colocar o robe comprido, estampado ou não, com a calça de moletom de cor lisa. Deixe a peça aberta e embaixo vista uma t-shirt básica branca ou preta

Nos pés, calce tênis para passeio ou os modelos sem cadarços, pois, desse modo, você vai criar um visual despojado e moderno ao mesmo tempo. A opção é ideal para passeios matinais ou vespertinos e pode ser usado em ambientes bem informais, como mercados, ruas comerciais e outras atividades do dia a dia.

7. Deixe o robe aberto

Vestir o robe e deixá-lo aberto também é uma excelente alternativa para as mulheres que querem usar a peça durante o dia.

O look vai ganhar um toque mais descontraído e contemporâneo e, ainda, vai ser perfeitamente possível transitar em vários ambientes informais. Mas, vale lembrar que não se deve usar esse tipo de roupa em trabalhos que exijam certa formalidade (empresa, escritórios, consultórios etc).

Quando é permitido usar o robe feminino?

O robe feminino é daquelas vestimentas que podem ser usadas nas mais diversas situações. A peça transita bem em eventos diurnos e noturnos e em ocasiões formais ou informais.

No entanto, fique atenta às seguintes dicas:

  • eventos diurnos pedem produções menos exageradas. Então, evite usar os tecidos muito brilhosos e combinações ousadas demais, como a dupla robe de cetim + calça de couro ou só robes compridos feito vestidos;
  • os robes curtos são ideais para serem usados em almoços, pequenas recepções, festas infantis, bares, restaurantes e reuniões com os amigos;
  • os modelos compridos são mais indicados para serem usados depois das 18 horas, pois conferem mais sofisticação ao traje. Contudo, por não ser uma roupa de festa, utilize apenas em eventos semi-formais, como jantares e festas de pequeno porte, cuja indumentária não seja a rigor!
  • evite usar os robes de renda ou musselina com sutiãs ou corpetes em situações informais ou durante o dia. O visual tem apelo mais sensual e, portanto, você corre o riso de ficar vulgar!

Também é importante dizer que o robe feminino é permitido para todos os tipos de corpos. Mulheres altas e magras podem usar e abusar dos comprimentos longos e das cores vivas e estampas mais graúdas, para dar mais equilíbrio ao corpo.

Já as mais gordinhas podem combinar o robe curto com saias e calças de modelagens mais retas, que ajudam a alongar a silhueta. Não esqueça de apostar nas tonalidades mais escuras e nos listrados, a fim de obter o mesmo efeito e deixar o corpo mais esguio.

Enfim, como você pôde ver ao longo deste post, o robe feminino é uma peça que deve estar presente no guarda-roupa de todas as mulheres. Afinal, ter mais opções de roupas e poder compor looks variados é o sonho de todas nós, não é mesmo?

Por isso, não deixe de investir no robe feminino e experimente usá-lo de maneiras diferenciadas. E, se você gostar do look, aposte em mais opções, como: curtos, compridos, de cetim, de renda, lisos e estampados, e combine-o sempre com uma linda lingerie!

Gostou do post? Então, conheça a variedade de cores e modelos de robes femininos que a Click Sophia oferece para você na loja online!

 

Escreva um comentário

Share This