O universo feminino é cheio de detalhes que permeiam o dia a dia das mulheres. A roupa certa, o sapato ideal para cada ocasião e o conforto colocado em jogo são algumas das indecisões diárias que as mulheres passam. Combinar a roupa de baixo (lingerie) com a de cima sempre foi uma questão complicada, principalmente no quesito cores e costuras, que acabam marcando determinadas roupas. No caso da prática de exercícios físicos, que requerem roupas mais finas, elásticas e mais justas ao corpo, acertar na lingerie ainda é um problema para muitas mulheres e fica o questionamento: Qual a melhor opção de calcinha para usar com roupas de ginástica?

Algumas optam por exercícios ao ar livre, outras por artes marciais – que estão bastante na moda – enquanto outro grupo ainda prefere a musculação. Para qualquer atividade física, o conforto e a flexibilidade são prioridades, visto que as roupas erradas podem prender os movimentos e até mesmo gerar desconfortos em longo prazo após a prática.

No caso das lingeries, escolher a certa faz toda a diferença. A maioria das mulheres se baseia apenas nas que não possuem costura e não marcam na roupa externa. Porém, outros detalhes também devem ser observados para evitar problemas na pele e até mesmo machucados.

É importante ressaltar que não existe uma lingerie certa para todas as mulheres, uma vez que cada uma adapta os modelos da melhor forma que considerar e que mais lhe proporcionar conforto. Porém, alguns fatores devem ser levados em conta para lhe ajudar a fazer a escolha correta, por isso, separamos algumas dicas para lhe trazer o conforto e a saúde esperados. Confira!

Conforto

Esse é um dos requisitos mais importantes na hora de praticar qualquer atividade física. Em praticamente todas, temos que alongar e esticar nossos membros para realizar exercícios e, sem uma roupa externa e interna confortáveis, essa prática fica prejudicada. No caso das lingeries, esse cuidado deve ser ainda maior.

Por ser uma região mais delicada e sensível do corpo feminino, o conforto também pode impactar na saúde da área genital. Isso porque, ao escolher um modelo errado, podem surgir alergias e machucados criados durante a prática. O contato de um tecido errado com a pele, que geralmente está suada, durante movimentos repetitivos, aumenta a probabilidade de assaduras e ferimentos.

Por isso, o ideal é optar por calcinha para usar com roupas de ginástica de corte a laser, pois a ausência de costuras ajuda a não causar atrito e machucar a pele. Quanto à largura da calcinha, isso vai de mulher para mulher. Existem as que preferem as mais largas nas laterais para acomodar melhor aquelas gordurinhas extras, enquanto outras preferem maior flexibilidade e respiração com tiras mais finas. Não existe uma regra para isso!

Ventilação

Durante as atividades físicas, o suor é inevitável, condição essa que somada com um tecido que abafe demais a região, pode provocar problemas de ventilação e, consequentemente, de saúde para a região íntima.

Para evitar qualquer problema, os tecidos indicados para uma melhor ventilação são algodão, modal e poliamida. Procure evitar as calcinhas de lycra, pois são sintéticas e sem poros para eliminar o suor decorrente dos exercícios. Evite também os modelos de calcinhas muito coloridos pois podem soltar tinta e provocar reações alérgicas na pele.

Estética

Esse fator conta muito na hora de decidir qual roupa vestir para praticar algum exercício físico, principalmente quando este ocorre em alguma academia. O fato de a lingerie marcar na roupa é um dos pontos mais preocupantes e que mais incomoda as mulheres, uma vez que, durante certos movimentos, fica fácil observar tais marcações nos shorts ou leggings.

Para evitar ao máximo esse desconforto, mais uma vez as calcinha para usar com roupas de ginástica de corte a laser são as mais indicadas, uma vez que não marcam na roupa, além de proporcionarem mais conforto.

Evita-se também o uso de lingeries coloridas e com estampas, uma vez que muitas peças como leggings e shorts de ginástica possuem um tecido bem fininho, que podem gerar transparência no momento dos exercícios. Além disso, calcinhas com lacinhos e outros volumes decorativos também devem ser evitadas, pois farão volume na roupa.

Confira, a seguir, os melhores tipos de calcinha para usar com roupas de ginástica:

Calcinha sem costura

 

calcinha para usar com roupa de ginástica calcinha sem costura

Como já mencionado, essas calcinhas são uma das melhores opções para a prática esportiva. Elas não marcam, não apertam e proporcionam mobilidade e ventilação para a região íntima. O corte a laser é o responsável por não provocar nenhum atrito na pele, evitando assim as assaduras e os machucados.

Calcinha de microfibra

Essas funcionam como uma espécie de segunda pele e possuem uma aplicação compressora de microfibra, que proporciona flexibilidade e conforto para treinos.

Boxer

calcinha para usar com roupas de ginástica calcinha boxer

Essa calcinha é ótima para quem possui as coxas mais grossas que, durante os movimentos repetitivos, geram atrito e, consequentemente, assaduras e machucados na pele. Por ser maior e mais comprida que as demais, ela consegue “abraçar” melhor toda a região feminina, evitando atritos e proporcionado conforto.

Atente-se ao tecido das calcinhas boxer. Escolha as de algodão, modal ou poliamida, pois esses tecidos transpiram proporcionando uma melhor ventilação para a região e eliminam o suor.

Calcinha para Usar com Roupas de Ginástica: O que evitar?

Muitas mulheres consideram a calcinha para usar com roupas de ginástica de fio dental como uma opção para não marcar a região das nádegas e para uma maior locomoção e conforto. Apesar de ser uma opção muito pessoal e válida de acordo com o seu gosto e preferência, a escolha da calcinha fio dental para fazer ginástica é uma opção que deve ser ponderada pelas mulheres.

Ao utilizar a calcinha fio dental, podem ocorrer machucados na região íntima devido aos movimentos realizados. A fricção do fio com a região íntima pode ser bastante perigoso. Portanto, procure evitar esse modelo!

Outra opção que deve ser evitar é a de não usar calcinha na hora de praticar atividades físicas. Muitas mulheres preferem ir sem uma roupa íntima, apenas com a legging ou com o shorts. Pelo fato de a genitália ser aberta e, consequentemente, ser mais suscetível à entrada de organismos que podem causar infecções ou alergias, o não uso de calcinha não é indicado por especialistas para prática de atividades físicas.

Precisa de uma lingerie para treinar? Acesse nosso site e confira nossa linha completa!

1 Comentário

  1. Alexandre Cavalcante Responder

    Acho que a calcinha fio dental, deixa a mulher mais sexy, e modela o corpo da mulher. Com certeza fica muito mais bonita.

    Forte abraço

Escreva um comentário

Share This