Ideias para abrir um negócio

Está cansada de trabalhar para os outros e procura ideias para abrir um negócio próprio? Gostaria de mudar de ares, se aventurar um pouco e, quem sabe, até trabalhar da sua casa? Ótimo! Você está no lugar certo.

Empreender é um grande desafio, mas também pode trazer diversas vantagens. Dispor de mais flexibilidade com os seus horários e ter todos os lucros e retornos sobre a sua própria mão de obra são só algumas delas.

Pensando nisso, desenvolvemos este texto com quatro ideias promissoras para quem pretende se aventurar nesse tipo de empreitada! Também veremos algumas dicas sobre o que levar em conta ao se preparar para abrir um negócio próprio. Confira:

4 ideias para abrir um negócio próprio

1. Marcenaria e serviços gerais

O empoderamento feminino tem propiciado a presença de cada vez mais mulheres em mercados antes quase exclusivamente dominados por homens. Uma dessas praças é a marcenaria, e demais serviços ligados à área da construção.

Comandadas por mulheres, empresas especializadas em elétrica, hidráulica e outros reparos domiciliares têm ganhado popularidade, especialmente entre a clientela também feminina. E esse tipo de serviço pode ser um bom investimento para você que procura ideias para abrir um negócio, garantir a sua independência financeira e, de quebra, ainda inspirar outras mulheres!

2. Confeitaria

Doces gourmet e outros itens de confeitaria são uma boa opção para quem procura ideias para abrir um negócio. E, aqui, o networking é fundamental para que você consiga cada vez mais clientes nessa área.

Nesse ramo, investir em eventos como aniversários, casamentos e chás é sempre uma boa pedida. Como um todo, o mercado alimentício tem se mantido relativamente estável por conta disso, possibilitando, inclusive, opções de inovação, como veremos no próximo tópico.

3. Comida congelada

A vida agitada, especialmente nas grandes metrópoles, tem aquecido o mercado de venda de marmitas congeladas. Muitas vezes, a procura por esse serviço também busca associar uma alimentação mais balanceada a um dia a dia corrido.

Para quem gosta de cozinhar, esse tipo de serviço permite a criação de cardápios relativamente simples e a composição de pacotes que buscam a fidelização de clientes.

Kits semanais ou mensais podem ser vendidos com alguma antecedência, por exemplo — o que permite um bom tempo de preparo e planejamento, fundamentais para a organização da empreendedora.

4. Revenda de produtos

Há tempos, a revenda de produtos tem sido uma ótima opção para mulheres que buscam independência financeira. E se engana quem pensa que esse serviço deve ser visto apenas como uma renda extra! Com o planejamento adequado e uma comunicação certeira, essa pode ser a sua principal fonte de renda.

Uma das principais vantagens desse tipo de empreendimento é a possibilidade de aliar o trabalho a uma boa flexibilidade de horários. Nesse ramo, também é possível trabalhar de casa, ainda que com visitas esporádicas à clientes.

Outro benefício diz respeito ao custo-benefício. Como, normalmente, as compras são realizadas em grandes quantidades, você consegue adquirir seus produtos por um preço em conta, e revendê-los por um valor justo, mas ainda com uma boa margem de lucro.

Bom, quando pensamos em revenda de produtos, imaginamos imediatamente a venda de itens de maquiagem e perfumaria. Entretanto, a realidade mudou. Atualmente, também é possível investir na revenda de joias, bijuterias ou mesmo lingerie.

A comunicação e o networking também são fundamentais para o sucesso desse tipo de negócio. Afinal, às vezes é necessário saber negociar tanto com clientes como com fornecedores — como veremos a seguir.

O que é preciso para abrir um negócio

De fato, a decisão de empreender precisa de uma avaliação rigorosa para que você tenha certeza de que está preparada para ela. Então, agora que você já conhece algumas ideias para abrir um negócio próprio e trabalhar de casa com maior flexibilidade, temos algumas dicas para garantir o seu sucesso:

1. Planejamento

O planejamento é parte fundamental da decisão de abrir um negócio próprio, e deve incluir os mais diversos aspectos desse novo empreendimento.

A sua casa já tem a infraestrutura necessária? Você sabe quantas horas deve dedicar a essa nova ideia para conseguir o retorno financeiro que você precisa? Onde e como você vai comunicar os seus serviços para atrair novos clientes? Tudo isso deve ser pensado e respondido.

Uma boa dica aqui é calcular o preço da sua hora. Isso ajuda tanto a precificar o serviço a ser oferecido quanto a entender o volume de trabalho que você precisa demandar mensal, semanal e até diariamente.

2. Reserva Financeira

Além de calcular o valor a ser cobrado pela hora de serviço, é importante ter uma boa reserva financeira antes de se aventurar em um novo empreendimento. Isso permitirá que você se reprograme caso haja algum imprevisto ou o novo negócio não saia como o planejado.

A reserva ideal seria o equivalente ao valor dos seus gastos fixos (como água, luz, aluguel) durante seis meses. Também é comum que uma nova empresa precise de alguns meses para se estabilizar, por isso, essa reserva pode ser fundamental para complementar a sua renda nesses momentos iniciais.

3. Conhecimentos sobre administração

Administrar um negócio não é uma tarefa para qualquer um. Independentemente da sua área de atuação, ao decidir abrir um negócio próprio você, certamente, precisará lidar com dois tipos de público bastante distintos: clientes e fornecedores.

Em ambos os casos, é preciso saber negociar preços, prazos e prezar sempre pela manutenção de um bom relacionamento.

Tudo isso envolve a necessidade de desenvolver conhecimentos sobre administração. Controle de caixa, estoque e até a própria administração do seu tempo são fundamentais para a prosperidade do seu negócio.

Enfim, começar um empreendimento do zero significa enfrentar diversos desafios, mas, como vimos, também é apostar em inúmeras vantagens para sua vida profissional e pessoal.

Fazer o que você gosta, planejar cuidadosamente, avaliar os recursos que podem ser investidos e aprimorar fundamentos básicos de administração são dicas valiosas para que você possa seguir por esse caminho com alguma tranquilidade.

E aí, gostou do post? O que você achou dessas dicas e ideias para abrir um negócio? Sobrou alguma dúvida? Deixe o seu comentário e participe!

Share This