Tipos de Corpos

Alta e cheia de curvas, magra e baixinha, estatura média e quadril largo… as combinações parecem infinitas, uma vez que existem diferentes tipos de corpos.

Cada mulher é única e, independentemente do estilo, todas elas são lindas. Contudo, se você anda com dificuldades para se vestir e sentir-se bonita, é sinal de que precisa se conhecer mais. Quer saber como? A gente ensina!

Cada corpo tem um estilo

Sabe por que o mesmo vestido que deixa a sua amiga sexy, achata o seu peito? A resposta é simples! Essa peça não foi feita para quem tem um busto avantajado. Dessa forma, entender qual é o seu tipo de corpo é fundamental para se vestir bem.

A primeira regra é prestar atenção em você mesma. Anote suas qualidades e enumere também o que pretende disfarçar. Você saberia dizer quais roupas valorizam o seu corpo e por quê? Esse é um bom exercício para começar.

Por exemplo, aquele body preto a deixa mais elegante? Talvez ele modele sua cintura e esconda os quilinhos a mais. Já percebeu que botas de cano alto não ficam tão bem nas baixinhas? Provavelmente uma de salto mais alto resolva o problema.

Por isso, antes de lotar o seu guarda-roupas com peças que não evidenciam o que você tem de mais bonito, aprenda a diferenciar os tipos de corpos e identificar o seu.

Principais tipos de corpos

Abaixo, listamos os cinco principais tipos físicos, levando em conta o formato do corpo. Descubra o que mais se aproxima da sua silhueta e veja quais são as roupas mais indicadas para cada um deles:

Ampulheta

É uma das silhuetas mais desejadas pelas mulheres. Suas principais características são peitos e quadril avantajados — praticamente com as mesmas medidas — e cintura fina, ou seja, bem marcada. Por causa desse formato, o corpo ampulheta é também conhecido popularmente como “violão”.

O que usar

A grande dica para quem tem esse tipo de corpo é valorizar a cintura. Dê preferência para vestidos, saias e calças que evidenciam esse perfil, assim como cintos.

Já as blusas com a gola V são as mais apropriadas. Deixar ombros e colo à mostra também pode favorecer o look.

O que evitar

Mulheres com seios grandes podem evitar decotes exagerados e blusas transparentes. Assim como shorts e saias muito curtas, já que aumentam ainda mais o quadril. O mesmo vale para babados e tecidos volumosos.

Oval

As mulheres com o corpo oval costumam ter uma cintura avantajada. O abdômen é arredondado, fazendo com que a silhueta fique menos marcada.

Algumas mulheres com essa característica podem ter a cintura alinhada ao quadril ou mais larga do que o busto e a região do bumbum.

O que usar

Cores escuras alongam e modelam melhor o corpo. Um vestido tubinho com saia evasê, por exemplo, é uma ótima pedida.

Blusas com gola V ou U também ajudam a alongar a silhueta. Outra boa aliada pode ser a calcinha modeladora, já experimentou? Então, faça o teste!

O que evitar

Calças muito largas (ou muito apertadas) e saias rodadas tendem a desvalorizar essa silhueta. O ideal é sempre optar pelo meio-termo. Evite também tecidos que dão volume.

Retangular

Normalmente, é quando a mulher possui a cintura reta e as mesmas medidas no quadril e no busto. Em alguns casos, a cintura pode ser até 10 centímetros menor do que o quadril. Dessa forma, o desenho do corpo se assemelha a um retângulo.

O que usar

O objetivo, nesse caso, é marcar a cintura. O melhor jeito de fazer isso é usando saias com volume, calças e vestidos com cintura baixa e pantalonas. Também caem muito bem decotes em U ou V e blusas com babados e detalhes.

O que evitar

Calças e saias com cintura alta, golas altas e vestidos de corte reto. Roupas muito apertadas e sem marcação na região da cintura também tendem a não valorizar esse tipo de corpo.

Triangular

O formato triangular ou pêra, como também é conhecido, tem como maior destaque o quadril, que é mais largo que os ombros, bustos e cintura. A diferença normalmente é de cerca de 10 centímetros. A parte superior do corpo, portanto, é menor que a inferior.

O que usar

Para disfarçar culotes e quadris largos, o ideal é dar volume para a parte superior. Isso pode ser feito valorizando o colo e os ombros, deixando-os à mostra ou usando blusas com detalhes (como brilhos e babados) e aplicações. A ideia é dar um equilíbrio ao corpo.

O que evitar

Mini saias e shorts muito curtos, calças e vestidos com bolsos grandes ou acessórios como o cinto — que dão mais volume a essa região.

Triângulo invertido

Ao contrário do corpo triangular, o triângulo invertido é caracterizado pelos ombros largos. Ou seja, nesse caso, eles se sobressaem mais do que a cintura e o quadril — que muitas vezes podem ter as mesmas medidas.

O que usar

Para harmonizar a silhueta, tente dar volume ao quadril optando por saias com volume, calças mais soltas e peças estampadas.

Já na parte superior, prefira peças lisas, coladas e sem volume. Decotes em V também são uma ótima opção para alongar a metade de cima do corpo.

O que evitar

Leggings e calças muito justas, pois, acentuam ainda mais os ombros. Assim como mangas volumosas, blusas tomara que caia e estampadas, ombreiras e gola alta.

Linda sem perder a identidade

É possível ressaltar o que você tem de mais bonito e disfarçar o que é indesejado apenas escolhendo modelos e peças que melhor se encaixam no seu perfil.

Contudo, isso não é motivo para você perder a sua identidade. A ideia é adaptar, isto é, usar alguns artifícios na hora de compor um visual, levando em conta sempre o seu gosto e as suas preferências.

Sendo assim, na hora das compras, a dica é jamais comprar por impulso. Lembre-se de se questionar sobre cada peça de roupa. Dessa maneira, é possível compor looks que valorizem a beleza do seu corpo.

Agora que você já sabe identificar os tipos de corpos, que tal aprender a escolher a melhor lingerie? Acesse nosso próximo artigo para descobrir qual é o sutiã ideal para você. Boa leitura!

Share This